Histórias da folia

4 de março de 2013

admin

Destaques

2

© Edmilson de Lima / Imagens do Povo

 

Texto por Luiz Baltar

Fotos por Edmilson de Lima e Luiz Baltar


Todo ano as turmas de bate-bolas (ou Clóvis) entram na pauta da grande mídia durante a cobertura do carnaval. Porém, quase nunca as matérias são feitas para divulgar os aspectos positivos dos grupos: a alegria, amizade, socialização, solidariedade, etc. O trabalho de muitos meses na confecção das fantasias e adereços só é possível graças à organização e à união dos integrantes, que fazem grandes sacrifícios para viabilizar, todo ano, mais um carnaval. Nada disso é levado em conta quando existe a possibilidade de vender jornal, explorando brigas isoladas.

A Turma da Praça de Marechal Hermes, que completou 21 anos de existência, é um exemplo da força e importância que as turmas de bate-bolas têm no carnaval das Zonas Norte e Oeste do Rio de Janeiro. Esse ano, além da criatividade e luxo das suas fantasias, o que mais marcou e emocionou a todos foi a presença de Sandro, um fã apaixonado pelas atividades da Turma da Praça e que se tornou amigo de vários integrantes por intermédio do facebook. O carinho demonstrado e as homenagens que o grupo fez a Sandro, comprovou que, muito mais que um grupo de foliões, as turmas de bate-bolas são verdadeiras famílias onde todos podem participar.

A documentação das saídas da Turma da Praça, para o Imagens do Povo, são realizadas desde o carnaval de 2010 pelo fotógrafo Ratão Diniz, que esse ano começou a documentar a preparação das fantasias e a saída de 16 turmas de bate-bola do Complexo do Muquiço, em Guadalupe. Mas essa é outra história das folias…

 

[nggallery id=84]

 

Post by admin

2 Responses to Histórias da folia

  1. fabio

    que maneiro vocês estão de parabéns paz para todo mundo essa coisa de briga não esta com nada eu sou componente da turma bagulho doido de Bangu é nosso 2ano e vamos com tudo para mais uma vez zoar muito no carnaval por ai valeu galera

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *