Desde junho nas ruas

2 de junho de 2014

admin

Destaques

1

 

No próximo dia 5/6, a Galeria 535, no Observatório de Favelas, inaugura a mostra “Desde junho nas ruas”. Organizada por Francisco Valdean, a exposição coletiva é composta por imagens de 11 fotógrafos (dentre eles, 9 fotógrafos IP) que vêm registrando os protestos populares nas ruas da cidade do Rio de Janeiro desde junho do ano passado, quando as manifestações começaram a ganhar força a partir das reivindicações sobre o aumento das tarifas de ônibus. Desde então, as pautas foram abrangendo outros descontentamentos e os locais que receberam os protestos também foram ampliados. Agora, um panorama do que vem acontecendo no Rio de Janeiro (associado a eventos mundiais) pode ser conferido nesta mostra, que já esteve em cartaz em dezembro de 2013 no Centro Cultural Sérgio Porto, na Zona Sul do Rio.

Na Maré, a Galeria 535 abriga a exposição coletiva exatamente um ano após a eclosão das manifestações – e no período de realização da Copa do Mundo, uma das pautas que levaram milhões de pessoas às ruas. “Desde junho nas ruas”, portanto, propõe-se a apresentar o difuso contexto do cenário político atual, com imagens que deem conta da amplitude das formas dos movimentos, dos temas e das lutas que fizeram o Brasil voltar às ruas.

Fotógrafos:  AF Rodrigues / Daniel Carvalho / Davi Marcos / Fabio Caffé /Francisco Valdean / Henrique Zizo / Jackie Alves / Léo Lima / Luiz Baltar / Ratão Diniz /Vitor Madeira

Curadoria: Francisco Valdean

Tipografia: Felipe Reis

Montagem: Alexandre Silva

Serviço

Abertura: 5/6, às 18h

Galeria 535

Observatório de Favelas

Rua Teixeira Ribeiro, 535, Parque Maré, Maré, RJ

Visitação: de 9 às 18h, de seg a sex

Entrada livre

Post by admin

One Response to Desde junho nas ruas

  1. Helio de Mello Filho

    Sou fotógrafo amador e procurei registrar o que pude das manifestações. Se por acaso você forem fazer um site com uma seleção maior de imagens, gostaria de enviar algumas imagens para a consideração de vocês. Parabéns pela iniciativa. Obrigado, Helio de Mello Filho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *